Please enable JS
Hosco Recuperação de RAID
MELHORES
RESULTADOS

EXPERIÊNCIA

Equipe com 20 anos de experiência comprovada em RAID Recovery

CONFIANÇA

Ações seguras, com pessoal certificado e uso de equipamentos modernos

EFICIÊNCIA

Melhores resultados, através do uso de técnicas forenses e programação

CREDIBILIDADE

Profissionais graduados, legalmente amparados para os trabalhos


MÉTODOS
EFICIENTES
Procedimentos (criados por analista de sistemas e segurança) customizados para recuperação em ambientes degradados.
MELHORES
PRÁTICAS
Aplicação de técnicas forenses não-invasivas, em laboratório, para garantir preservação dos volumes RAID e seus conteúdos.

ARQUITETURAS ATENDIDAS

HARDWARE RAID

S.O. PROPRIETÁRIO

A configuração de dispositivos e processamento são executados por controladora com sistema fechado, podendo haver RAID proprietário.

SOFTWARE RAID

S.O. UNIX-LIKE

A configuração e processamento são gerenciados por sistema Unix, com instruções básicas em kernel. Reparo e rebuilding, automáticos.

NÍVEIS DE RAID ATENDIDOS

RAID 0

STRIPING

Os blocos de dados são gravados em segmentos que percorrem os discos. O reparo depende da preservação e reconstrução dos metadados.

RAID 1

MIRRORING

Nesse padrão de RAID ocorre escrita duplicada. As mídias defeituosas são usadas para comparação e recuperação de setores correspondentes.

RAID 2

STRIPING + ECC

Este nível é similar ao RAID 0, mas com algoritmo de correção de erros (ECC) proporcionando maior consistência dos dados em caso de acidentes.

RAID 4

STRIPING + PAR.

Requer pelo menos três HDs, sendo que um destes é usado somente para paridade (implementada de forma mais eficiente que no RAID 3).

RAID 5

+PAR. DISTRIBUÍDA

Blocos de dados e paridade, distribuídos entre os discos. Um bom algoritmo de reparo em RAID 5 combina ações usadas em mirroring e striping.

RAID 6

+PAR. DUPLA

Essa nível usa o dobro de bits de paridade em relação ao RAID 5. Sua recuperação também une as técnicas usadas em mirroring e striping.

RAID 10

STRIPING + MIRROR.

Arranjo que aninha níveis 1 e 0, operando com, pelo menos, 4 dispositivos de armazenamento. Requer ações complexas em sua recuperação.

RAID 50

RAID 5 + RAID 0

Volume composto por um striping com arranjos em nível 5. Seu reparo exige alto poder de processamento para reconstrução de metadados.

FABRICANTES ATENDIDOS

Os serviços de recuperação contemplam appliances e servidores de todos os portes (desde equipamentos fornecidos por grandes fabricantes até pequenos servidores de uso doméstico), incluindo implementações por hardware ou software (arranjos baseados em Unix-like e mdadm). As soluções também abrangem recuperar arranjos perdidos por falhas ocorridas em controladoras 3ware, Adaptec, Areca, HighPoint, Intel, Supermicro, entre outras, contendo chips ASMedia, LSI, Marvell, JMicron e Silicon Image.

DELL

PERC 5/6/7/8/9

HP

Smart Array

IBM

[Serve|Mega]RAID

ORACLE

Sun/LSI (RAID-Z)

SYNOLOGY

Software RAID

QNAP

Software RAID

APPLE

Xserve RAID

SEAGATE

Software RAID

Western Digital

Software RAID

LACIE

Software RAID

BUFFALO

Soft/Hard RAID

IOMEGA

Soft/Hard RAID

EVIDÊNCIAS DE
RAID AVARIADO

Erro em operações de leitura/escrita

Operações com baixa performance

Array entra em estado degradado

Threads de I/O com alto consumo

Sistemas solicitando rebuilding

Inconsistência no journal ou logs

Corrupção de metadados ou dados

Travamentos em sistema operativo

Sem acesso ao arranjo ou volume

Alertas do sistema da controladora

Um RAID deve ter seus discos desligados ao primeiro sinal de dano

DEPOIMENTOS

  • Depoimento 1
  • Depoimento 2
  • Depoimento 3

Fluxo de TRABALHO

A Hosco usa protocolos periciais em seus processos, garantindo a integridade do material e das informações extraídas. Também são usados equipamentos específicos para cada dispositivo, os quais são manipulados em ambiente com controle de partículas, variáveis elétricas e temperatura. As estratégias de recuperação são elaboradas por pessoal qualificado (assim como todas as etapas do trabalho) e a verificação de integridade dos dados é feita por um programador formado. São essas e outras qualidades que garantem maior índice de sucesso nos trabalhos realizados pela Hosco.

DIAGNÓSTICO

Análise dos dispositivos

RECONSTRUÇÃO

Reconstrução de arquivos

ESTABILIZAÇÃO

Dispositivos normalizados

VERIFICAÇÃO

Teste de integridade

PLANEJAMENTO

Criação de algoritmo

FINALIZAÇÃO

Fim do trabalho

EXTRAÇÃO

Extração de blocos

ENTREGA

Entrega dos dados


CONCEITO

RAID (Arranjo Redundante de Discos Independentes) é um subsistema de armazenamento composto por vários discos individuais. Recuperação de RAID (recuperação de dados em RAID) é a expressão usada para denominar ações e procedimentos - usados por empresas com equipe qualificada e estrutura apropriada - para recuperar informações contidas em dispositivos armazenamento ou volumes que utilizam RAID e seus derivativos (MD RAID e JBOD). Em inglês, os termos equivalentes mais usados para pesquisa são RAID recovery, RAID data recovery e RAID repair.
RAID
Até o começo dos anos 2000, eram usadas apenas tecnologias padrão (RAID 0, 1, 2, 3, 4 e 5) implementadas por controladoras dedicadas. À partir de 2004, arranjos híbridos (RAID 0+1, 1+0, entre outros) e aninhamentos não padronizados (Linux MD, JBOD, etc.) passaram a ser amplamente usados, principalmente, por não dependerem de hardware específico. Em seguida, surgiram os sistemas de arquivos com suporte nativo a RAID, como BTRFS e ZFS. Este último suporta um tipo de array com um esquema próprio de alocação de dados, chamado RAID-Z - muito usado em servidores NAS e sistemas baseados em BSD. Essa mudança de cenário passou a exigir da profissional de recuperação de dados, conhecimento e experiência com sistemas Unix e seus filesystems.
RAID

INCIDENTES

A perda de acesso a volumes RAID ocorre, com mais frequência, devido a falhas físicas nos drives de armazenamento (HD, SSD, etc.). Isso é comum em servidores com alto volume de I/O em disco, como em ambientes virtualizados ou que rodam serviços de bancos de dados e e-mail.
Os danos de origem lógica são exclusivamente ocasionados por intervenção humana - ações de imperícia (exclusão de dados e metadados) e ações intencionais (comprometimento e exclusão proposital de conteúdo). Estes últimos podem estar relacionados com cybercrimes e invasão de sistemas.
Incidente em RAID
Ainda há uma categoria rara de desastre chamada write hole. A Hosco Tecnologia foi a primeira empresa nacional a abordar esse assunto. Tal fenômeno é conhecido por sua equipe, que há décadas, faz gestão e responde a incidentes em ambientes RAID. Embora seja incomum, o write hole error é inerente ao RAID, sendo uma inconsistência temporária dos dados durante as escritas em striping ©. A raiz do problema está no fato das operações serem realizadas em discos independentes (Independent Disks), não permitindo timing atômico. Portanto os blocos permanecem inconsistentes por algum tempo, mesmo que por um curto intervalo. O problema ocorre, efetivamente, quando administradores desavisados tentam fazer rebuiding ou a montagem de arrays corrompidos, podendo causar corrupção permanente de dados.
RAID danificado

SOLUÇÕES

A Hosco Tecnologia é conhecida pela excelência de seus métodos, aplicados por equipe experiente e graduada, que garantem preservação dos drives de armazenamento e consistência dos dados. São profissionais com longa experiência em recuperar RAID, mas que também os implementam e os administram.
O trabalho é iniciado por uma criteriosa análise preliminar do ambiente comprometido; depois são aplicadas complexas rotinas de reparo. Assim como a autogestão de erros de um subsistema RAID varia de acordo com sua implementação, as ações de recuperação também têm algoritmos distintos.
Hosco Tecnologia - Soluções para Recuperação de Dados em RAID
As ações de recuperação são elaboradas por um analista de sistemas e segurança da informação, com certificação LPI/LPIC Linux e MCP Microsoft. Realiza-se um conjunto de melhores práticas, que culmina em elevado índice de sucesso. Todas as rotinas de trabalho são executadas nas dependências da Hosco Tecnologia e pelos seus funcionários.
Os serviços de recuperação incluem servidores NAS e SAN, com diversas aplicações e serviços (Samba, NFS, FTP, etc.).

Qualquer RAID com dados inacessíveis deve ser, imediatamente, encaminhado para uma empresa especializada nesse tipo de recuperação (como a Hosco Tecnologia). Tentativas de reparo fora de ambiente profissional tendem agravar o cenário, podendo até mesmo inviabilizar uma recuperação profissional.
data recovery
Tel. 24h:  (11)2263-1384
Enviar uma mensagem